sexta-feira, 29 de junho de 2018

IPB SE POSICIONA QUANTO AO USO DE TATUAGENS E PIERCINGS PELOS SEUS MEMBROS, PELO TEXTO A ORIENTAÇÃO É NÃO USAR


     A Igreja Orienta seus membros e oficiais a evitar questões como bebida, tatuagem, fumo, bailes, para evitar escândalos e que irmãos fracos cair, veja abaixo um trecho do documento da igreja:

SC-E - 2010 - DOC. LXXIV: Quanto ao documento 087 - Solicitação de posicionamento sobre uso de bebidas alcoólicas, tatoo, piercings, participações em festas mundanas: Quanto ao documento 087, Solicitação de Posicionamento Sobre Uso de Bebidas Alcoólicas, Tatoo, Piercings, Participações em Festas Mundanas. Considerando: 1) Que não devemos nem podemos exigir dos membros de nossas igrejas nada que vá além do evangelho de Cristo. 2) Que "todas as coisas são lícitas, mas nem todas convém" (1Co 6.12), tudo o que transgride a regra de moderação é pecado (Fp 4.5) e toda forma de mundanismo é contrária à santidade cristã (1Jo 2.15-17); 3) Que o amor para com os de consciência mais fraca deve ser levado a sério, a ponto dos fortes evitarem escandalizar àqueles (Rm 14.1-23); 4) Que a Igreja deve atentar para os aspectos culturais da sociedade na qual está inserida, a fim de testemunhar eficazmente o evangelho de Cristo, sendo cuidadosa tanto com a forma quanto com o conteúdo de seu discurso e prática (1Co 9.19-27); 5) Que "tudo o que destrói o corpo, que é o Templo do Espírito Santo, é pecado e deve ser evitado; não obstante, reconhece que a Igreja é constituída de crentes que estão caminhando em santificação, uns mais e outros menos, devendo os conselhos esforçarem-se por conseguir o melhoramento espiritual de maneira amistosa e fraternal" (AG 1936-040 e AG 1936-041); 6) Que toda prática pecaminosa, seja de membros seja de oficiais da Igreja, deve ser corrigida nos termos da Escritura, conforme Mateus 18.15-20, e do Código de Disciplina da IPB. O SC-E/IPB - 2010 RESOLVE: 1) Reafirmar as decisões Ag-1936-040 e Ag-1936-041 (citadas acima) e Ag-1900-Doc 21 e CE-E2-1974-Doc. 10, como seguem: "Ag-1900- Doc. 21 - Vícios Sociais - Todos os obreiros da Igreja Cristã Presbiteriana do Brasil devem combater com insistência os vícios, os exageros da moda e tudo quanto rebaixe o nível da espiritualidade [...]. Extraido de: <http://se.icalvinus.net/icalvinus.php?d=1530280453402>Acessoem29/06/2018)

     Nenhum oficial ou membro presbiteriano está autorizado a falar em nome da denominação dando opiniões contrárias as que a denominação tomou. A nossa autoridade que é a Escritura diz que devemos obedecer a liderança (Hb 13.17), veja o que a Bíblia Portuguesa diz sobre tatuagem:

“Não façam cortes nem tatuagens na vossa pele em lembrança dum defunto. Eu sou o Senhor! Sociedade Bíblica de Portugal, 2005)

     O contexto trata de um tipo de tatuagem em luto ao morto, mas não deixa de ser tatuagem, numa realidade sertaneja traz confusão e escândalo, alguns dizem: “O que é que tem demais fazer?”, eu o pergunto: “O que tem demais não fazer?”, será que o egoísmo é tão grande que você não pensa no mal que pode causar ao evangelho, mas pensa apenas no desejo do seu coração? Que pensemos mais na glória de Deus e não no nosso coração carnal!

Missº Veronilton Paz da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário