segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Doutrina Apostólica

Marcas de uma Igreja Apostólica - Parte VI: Somente Cristo é o Cabeça da Igreja

Heitor Alves

Não deixe de ler também: Marcas de uma Igreja Apostólica - Parte V: Apelação ao Presbitério e o Governo Conjunto.
Em fim chegamos a nossa última marca da Igreja Apostólica verdadeira. Uma das características do governo apostólico é que os governantes de igreja não prestam obediência a nenhum poder temporal, nem a nenhum chefe eclesiástico.
Paulo sempre lembra, em suas cartas, que ele é apóstolo pela vontade de Deus, pelo chamado de Cristo (Gl 1.1):
Paulo, apóstolo, não da parte de homens, nem por intermédio de homem algum, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos,
Não vemos, no Novo Testamento, nenhuma instância da igreja reconhecendo o domínio espiritual de um monarca terreno, ou negociando uma parte de sua liberdade religiosa em troca de algum favor temporal. Não vemos em lugar nenhum das Escrituras a igreja sendo dirigida e governada por um cristão, muito menos por um pagão.
Nas questões temporais, os membros da Igreja Apostólica consideravam que era seu dever prestar obediência aos governantes civis da nação; nas questões espirituais, eles se submetiam a um poder mais alto (ver Mc 12.17).
Deus não chamou nenhum príncipe pagão para fazer parte da Igreja onde ele pudesse ocupar o cargo de cabeça temporal da Igreja na terra. As Escrituras não dão nenhum incentivo para que a igreja procurasse alguma pessoa para ser líder da igreja aqui na terra.
Não vemos os apóstolos reivindicarem ter domínio sobre a fé do povo:
não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas porque somos cooperadores de vossa alegria; porquanto, pela fé, já estais firmados (2Co 1.24).
Nem mesmo Pedro, erroneamente considerado como o primeiro Papa, reivindica supremacia sobre a igreja. Podemos até dizer que ele foi um líder entre os apóstolos, porém essa liderança se restringia apenas ao colégio apostólico. Uma vez que não existem mais apóstolos, essa liderança apostólica também deixou de existir. Não deixou sucessores.
Somente Cristo é o Líder, o Cabeça da Igreja:
o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir, não só no presente século, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo dos pés, e para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas (Ef 1.20-23).

porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo (Ef 5.23).

Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia (Cl 1.18).
Portanto, a doutrina dos apóstolos era que Cristo somente é o Cabeça da Igreja. A Igreja não pode ter duas cabeças - Cristo e o Papa, Cristo e um monarca.
Sendo Cristo o Líder da Igreja, os membros estão sujeitos a Ele. Não somente os membros, mas os pastores e presbíteros também estão sujeitos a Ele.

Extraído do site: http://www.eleitosdedeus.org/

3 comentários:

  1. Criticar a igreja católica sendo calvinista isso é uma grande piada, crer numa doutrina que demoníaca como é a doutrina da predestinação cuja mesma torna Deus pior que o diabo isso junto do catolicismo é bobagem. Se tal baboseira fosse verdade paraibano, que culpa teria Hitle, o maníaco do parque, Suzane Von Richthofen, os homossexuais e outros pecadores se Deus na sua "soberania" (soa mais como luciferianismo) escolheu por eles o que eles haveriam de ser, pois se o homem não tem livre arbítrio quem escolhe é Deus, então o culpado é Deus, nem um dos citados acima tem culpa, pois foram predestinados, santa ignorância! A mesma inquisição assassina patrocinada por Roma também foi patrocinada por calvino aquele assassino, acho que assim como vcs calvinistas calvino não lia a bíblia, pois se lê-se descobria em Ex 20 o mandamento não matarás, mas como ele aprendeu na igreja católica a ser herege e assassino ele deixa seu discípulos apregoado heresias por ai, só não fazem outra inquisição graças a Deus pela separação que nosso país faz da igreja do estado, porque senão seriam copias idênticas de vosso Senhor e Salvador calvino!

    Por: Pentecostal do Re-Te_Te

    ResponderExcluir
  2. Caro Amigo, obrigado pelo acesso, mas gostaria de dizer que estás equivocado com relação ao calvinismo e a Calvino. A presdetinação está na Bíblia em Ef 1.1-10, Rm 9. Prove-me outro pelo menos um texto que diga que presdetinação e diabólica, é bíblica. Calvino nunca matou ninguém, talvez se você lesse história saberia disso. Nosso Salvador é Jesus, mas já que és pentecostal, vamos a algumas pergunta: Qual a revelação de Deus, a Bíblia ou sonhos e visões. Linguas eram estaticas ou humanas (At 2.1-16), Deus de fato é soberano, ele entrega os pecadores a seus pecados Rm 1.20-30, a soberania de Deus e a responsabilidade humana são duas doutrinas bíblicas, uma não exclue a outra. Leia a Bíblia e se vc for de Monteiro me procure para conversamos e fique na paz!

    ResponderExcluir
  3. Tadinho do Reteté, ele ainda não sabia que predestinação tem na Bíblia, Ó coitado! Me mostra a palavra livre-arbitrio na Bíblia. Panaca! Pajaraca!

    ResponderExcluir